Escolha uma Página

A mastopexia é apenas um dos procedimentos que eu faço regularmente por aqui. Não à toa, esta é uma das cirurgias plásticas mais buscadas em todo o país. Mas, quando ela é o assunto, muitas dúvidas surgem. Uma delas diz respeito ao tipo de cirurgia, visto que existe a possibilidade de realizar uma mastopexia com ou sem prótese mamária.

E é este o assunto que eu resolvi trazer hoje. Como a mastopexia é muito comum no consultório, nada mais justo que falar sobre ela e não deixar que reste nenhuma dúvida para as pacientes. Neste texto, você poderá ver o que, exatamente, é mastopexia e entender as diferenças entre mastopexia com ou sem prótese.

Boa leitura!

 

O que é mastopexia?

Em uma definição bem básica, a mastopexia é a cirurgia plástica que tem como principal objetivo levantar os seios. Com os diversos acontecimentos ao longo da vida — incluindo hormônios, uso de alguns tipos de anticoncepcionais, gravidez, amamentação, entre outros —, os seios sofrem muitas alterações.

Nos casos em que as mulheres não se sentem satisfeitas com os próprios seios depois de todas essas mudanças, a mastopexia é um dos procedimentos estéticos que pode trazer de volta a satisfação em relação ao próprio corpo. Uma questão que levanta muitas dúvidas, por outro lado, é justamente o tema deste texto: mastopexia com ou sem prótese?

A verdade é que as duas são soluções válidas. A mais recomendada para cada uma é algo que deve ser definido pela própria paciente em conjunto com as orientações do cirurgião. Vale lembrar que, para garantir resultados satisfatórios e ter uma cirurgia segura, recomenda-se a escolha de um profissional altamente qualificado e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

mastopexia com prótese

Diferenças entre mastopexia com ou sem prótese

 

Mastopexia com prótese

A mastopexia com prótese, como o próprio nome sugere, inclui a colocação de uma prótese mamária além do levantamento dos seios. Esta é uma possibilidade para as mulheres que, além de desejarem ter os seios mais levantados, querem aumentar o tamanho.

E isso não vale apenas para pacientes que tenham seios pequenos desde sempre. Alguns dos fatores citados anteriormente, como gravidez e amamentação — além da perda de peso — podem fazer os seios diminuírem com o tempo. Para aquelas que querem recuperar o tamanho que já tiveram, esta é uma opção interessante.

O único ponto “negativo” a ser citado aqui é a possibilidade de ter que fazer outra cirurgia no futuro. Isso porque a prótese precisará ser trocada depois de alguns anos.

 

Mastopexia sem prótese

Por outro lado, temos aquelas situações em que o desejo da paciente é apenas elevar os seios, sem a necessidade de aumentá-los. Isso acontece muito nos casos em que os seios da paciente já são maiores. Aqui, o mais recomendado é que a prótese seja dispensada.

No caminho contrário da mastopexia com prótese, esta acaba sendo uma cirurgia mais “simples” — no que diz respeito à paciente não precisar se preocupar com uma eventual troca de prótese mamária.

 

E você, já conhecia as diferenças entre mastopexia com ou sem prótese? Já sabe qual delas quer fazer? Então venha conversar comigo e vamos encontrar a melhor solução para o seu caso!

× Agende uma consulta!
Share via
Copy link
Powered by Social Snap